, , , ,

Saia midi: mitos e verdades dessa peça tão famosa

19:45

A saia midi passou a invadir a cena da moda nos últimos tempos e esse fenômeno vem aumentando cada vez mais. Se antes era um look eleito pelas mais antenadas, fashionistas e descoladas, hoje em dia as belas saias midi estão em praticamente todos os lugares. Nada como uma sainha midi para montar um visual lindo e charmoso, não é mesmo? Essa febre pelo jeito apenas começou e também não deve acabar. Nas plataformas virtuais de moda feminina, como a Shafa, os movimentos de oferta e procura são cada vez mais intensos e a peça é sinônimo de sucesso.
Para quem não associou ainda o nome à peça, a saia midi é aquela “meio termo” no comprimento, nem longa, nem curta. Ela aparece nos mais diversos modelos – rodada, justa, plissada, listrada, rendada, estampada, metálica –, mas uma coisa todas possuem em comum: o comprimento que começa logo abaixo do joelho com pequenas variações.

O segredo da saia midi: ela é mais antiga do que se imagina


Apesar de parecer moderna, a saia midi é mais antiga do que imaginamos. Ela deve ter mais idade do que muita gente por aí. Os primeiros registros deste modelo são de 1920 quando Christian Dior resolveu “encurtar” um pouco mais o comprimento das saias longas para oferecer mais praticidade para as mulheres que saíam para o trabalho. Na época, foi uma conquista das jovens poder usar saias um pouco mais curtas, mas sofreu resistências e protestos. Infelizmente, a peça acabou esquecida por um tempo ou virou sinônimo de “peça-problema”. Nos anos 50, a saia midi voltou com todo o brilho e pompa, com recorte rodado, tecidos encorpados, ideal para o estilo de vida e musical da época. Agora no século 21, para a felicidade de todas, como tudo na moda se transforma e se recicla, a peça que era deixada de lado virou a estrela da vez.

É hora de quebrar a polêmica da saia midi

A saia midi garante charme, estilo, tem fama de alongar e modelar a silhueta. Diante de tantos atributos, por que algumas mulheres ainda ficam “babando” sem se dar o direito de usar esta peça tão democrática? Infelizmente, a saia midi sempre atraiu algumas polêmicas, mas que devem ser quebradas de uma vez por todas. A principal delas é que esta peça não é para todas as mulheres. Isso é um engano. Ela pode sim ser usada por todos as idades, estilos e corpos, basta saber escolher o estilo certo para seu corpo.
Outra lenda é que as baixinhas e com medidas mais largas não podem usar. Esse outro mito também já foi quebrado principalmente por famosas com esses perfis que apareceram arrasando de saia midi. Como esta peça existe em uma infinidade de modelos e versões, basta conhecer exatamente o seu corpo, o que deseja destacar ou disfarçar e depois disso pesquisar, experimentar e escolher os modelos e comprimento ideal. Além disso, aposte nos truques, como os saltos e as peças da cor da pele para as baixinhas ou peças mais evasês (que vai abrindo em formato de A), retas e as de cores mais escuras para quem quer dar efeito de redução no quadril. A melhor notícia é que existem opções de saia midi para todos os tipos de mulheres e de corpo. Na plataforma da Shafa você vai encontrar tudo o que precisa.

You Might Also Like

0 comentários

ADD NO BLOGLOVIN

Follow on Bloglovin

BLOG PARCEIRO

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores